Sobre Nova York

Transporte público

O sistema de transporte público de Nova York é controlado pelo MTA. Para usar os ônibus ou o metrô em NY você precisa de um Metrocard, um passe eletrônico. Você consegue comprar um nas estações de metrô – com dinheiro e cartão de crédito – e até mesmo com o concierge do seu hotel.

Existem dois tipos de MetroCard: pague-por-uso (pay-per-ride) que pode ser usado por até 4 pessoas numa mesma viagem, e o cartão ilimitado (unlimited-ride), que só uma pessoa pode usar e vale a pena se você for usar o sistema de transporte público várias vezes.

O passe ilimitado para ônibus e metrô de 7 dias sair por $27, o de 14 dias custa $51.50 e o de 30 dias $89. O único problema é que apenas uma pessoa pode usar este cartão (e entre cada uso deve-se esperar 18 minutos). Se você está pensando em usar o metrô com seus amigos ou família, cada um terá que comprar um MetroCard ilimitado.
Existe também o passe ilimitado de 1 dia, o 1-Day Fun Pass, que custa $8.25 e pode ser usado até as 3 da manhã.

Ônibus

O ônibus que serve NY é branco e azul e a rota é indicada no painel digital. Uma letra e um número indicam o destino. A letra M indica que o ônibus circula em Manhattan. O preço é $2.25 e você pode pagar com o Metrocard ou moedas no valor exato (não aceitam pennies/moedas de 1 centavo). Você pode usar o mesmo ticket para transferir para outro ônibus (num período de duas horas).

Metrô

É sem dúvida o jeito mais rápido de se movimentar pela cidade durante o dia. É um dos maiores sistemas do mundo e também um dos mais baratos, apenas $2.25 por um passe único. Como num cartão pré-pago, você pode colocar até $80 no seu MetroCard. Quanto maior o valor, maior o desconto que você tem no preço do passe único. O metrô te leva das profundezas do Brooklyn até os lugares mais remotos do Bronx e funciona 24 horas, apesar de ter menos trens depois das 10 da noite, quando é recomendável – e mais rápido – pegar um táxi.

Como entender o Metro

Em Nova York se pode fazer tudo de metrô. Sem dúvida é um pouco intimidante para os que não vivem na cidade, mas com essas dicas tudo vai ficar mais simples e você vai conseguir se virar bem melhor na cidade, e sem precisar dos táxis!

As letras e números ao lado representam as linhas do metrô. As rotas são identificadas por cores.

Existem dois tipos de rotas, locais e expressas. As rotas locais param em todas as estações em uma linha (1, E, C, R, W, F, V e 6) e as expressas só fazem paradas em estações estratégicas na rota (2, 3, 4, 5, A, B, D, N, Q).

Uma dica: as paradas das linhas expressas são marcadas com um ponto branco no mapa do metrô. As outras paradas são representadas por um ponto preto.

As estações quase sempre têm o nome da rua na qual está localizada e a entrada é indicada com lustres verdes (para estações 24h) e luzes vermelhas (estações com horário limitado). E atenção: algumas estações tem entradas separadas para quem vai sentido Uptown e Downtown. Olhe bem antes de entrar. Para saber que sentido ir, é simples. Uptown = para cima, exemplo: Você está na rua 14 e quer para rua 34. Downtown = para baixo, exemplo: Você está na rua 42 e quer ir para a Spring Street, no Soho.

Clique aqui para ver o mapa interativo disponível no site do MTA.